Cearense trabalha inclusão de crianças com deficiência por meio de terapia musical nas ilhas Fiji

Desenho enviado por Guilherme Santos, 13 anos

Do outro lado do mundo, André Comaru fundou a Be Happy Music Club; organização está presente em mais de cinco escolas e faz a diferença na vida de mais de 200 crianças

O músico e publicitário cearense, André Comaru, resolveu fazer intercâmbio na Austrália em 2009, mas não imaginava o quanto sua arte poderia modificar a vida de crianças com deficiências. O artista fundou a ONG Be Happy Music Club, nas Ilhas Fiji, no Pacífico Sul, presente em cinco escolas da região. Através das aulas de música, o projeto oferece oportunidade para os pequenos que foram rejeitados pelas famílias e sociedade.

Outras boas notícias

Comments are closed.